Roberto Carlos - Noite De Terror Lyrics

azia noite fria
Eu logo fui dormir
Soprava um vento forte
E eu não pude mais sair

Pensei com meus botões
Um bom livro eu vou ler
E um trago de uísque
Que é para me aquecer

Mas uma coisa vejam
Me aconteceu
Uma mão gelada
Em meu ombro bateu

Gritar eu quis
Porém a voz não me saiu
E o livro que eu lia
Até de minhas mãos sumiu

Tremi de cima a baixo
Sem sair do lugar
Quando de repente
Eu ouvi alguém falar

Bem junto de mim
Esse alguém me falou bem assim
"Eu sou o Frankstein!"

Tomou conta de mim
Tamanha tremedeira
Mais nada quis ouvir
Pois corri pela ladeira

Mas de repente então
Voltou-se o panorama
Quando dei por mim
Eu estava em minha cama

Alguém bate a porta
Vou logo ver quem é
Deve ser meu broto
Pois fantasma não dá pé

Mas quando a porta abri
Fiquei logo a tremer
Senti por todo o corpo
Um frio percorrer

Fiquei no chão colado
Com o cabelo arrepiado
Maior foi meu pavor
Pois não era o meu amor

E esse alguém que eu vi
Me falou novamente assim
"Voltei! "

Tomou conta de mim
Tamanha tremedeira
Mais nada quis ouvir
Pois corri pela ladeira

Mas de repente então
Voltou-se o panorama
Quando dei por mim
Eu estava em minha cama

Alguém bate a porta
Vou logo ver quem é
Deve ser meu broto
Pois fantasma não dá pé

Mas quando a porta abri
Fiquei logo a tremer
Senti por todo o corpo
Um frio percorrer

Fiquei no chão colado
Com o cabelo arrepiado
Maior foi meu pavor
Pois não era o meu amor

E esse alguém que eu vi
Me falou novamente assim
"Voltei! "
Copyright : MusiXmatch
Email
Print
Send "Noite De Terror" Ringtone to your Cell 
Correct these Lyrics
download txt

Most Searched
Roberto Carlos Lyrics

 Sweetslyrics Charts

Sweetslyrics Poll
do you think that some people are goast